domingo, 15 de maio de 2011

Ney Matogrosso, o show do ano.

Dentre todos os show que assisti e fotografei aqui em Ilhéus, foi (na minha opinião) o melhor e o mais profissional. Para início de conversa, Ney ficou aborrecido após receber o pedido da produção para atrasar meia hora, pois o público ainda estava entrando no auditório. Concedeu apenas quinze minutos. Infelizmente, pelo histórico de outros artistas que se apresentam com atraso de até cinco horas, vamos ficando mal acostumados. Abaixo algumas imagens do show do ano, que esperei 38 anos para assistir.





















































































O reecontro com um amigo da adolescência, na Base Aérea de Campo Grande, em Mato Grosso. Carlos Leal levou para Ney uma foto quando estavam juntos, na fila da Confissão, em preparação para a Primeira Comunhão. Foi um momento alegre e descontraído, revelando a simplicidade de um grande artista.









8 comentários:

PJC disse...

Cadê as fotos da platéia? soube que Brandão, do colo colo, estava lá, e o melhor, barbarizou.
Pedro de Jesus Cavalcante.

Juliano Sales Mendes disse...

Que maravilha! Só faltou as fotos da platéia!
Esse negócio atrazo de cantor é um absurdo! Poucos respeitam o espectador, como Ney Matogrosso. Temos que exigir pontualidade dos artistas! Parabéns a todos!

Artur disse...

Conversa fiada desse Pedro, Brandão não estava lá, e se tivesse não ia "barbarizar", todos sabem que Brandão não sabe dançar.
Artur

Anônimo disse...

A culpa não é dos artista mas dos organizadores que divulgam os horarios.

André disse...

Concordo com Artur, o máximo que Brandão poderia dançar, seria o tradicional dois pra lá, dois pra cá.
André.

Cláudia disse...

Tio Zé,

parabéns pelas fotos!!!

Meu apoio a Pedro de Jesus Cavalcanti é irrestrito!

Anônimo disse...

Come rato

Acho que nosso amigo Lão que gosta muito do Rei Roberto Carlos estava la escondido para não ve-lo

Fernand's disse...

taí um show que quero muito assistir um dia...
lindas fotos!