domingo, 30 de março de 2008

Ainda há tempo

Ainda há tempo. Uma ação conjunta dos poderes públicos, SEMA, SEAS (Município), MP e CRA (Estado), MP e IBAMA (Federal) poderá conter a invasão no mangue do Loteamento São Miguel, enquanto tem poucos barracos. Na primeira foto dá para notar que na "puxadinha" tem um carro estacionado.
Justiça seja feita: a Associação de Moradores do São Miguel tem alertado constantemente para o problema.
É necessário uma ação imediata para que a situação não fique igual a faixa de mangue do Loteamento São Domingos, um pouco adiante.




4 comentários:

Anônimo disse...

Cade as ONGS?????? Essas ONGS, nao sei nao...

Catucadas disse...

As ONG´s tem feito denúncias constantemente. Continuam no mesmo lugar com endereço conhecido.
As ONG's não tem poder de polícia.
Penso até que gostariam de ter.

Isaac disse...

Não é carro não, é pior: é uma mêsa de sinuca!!! Vai virar boteco. E está bem perto da casa de Vieirinha. Isso me preocupa...
Isaac

Anônimo disse...

Por que vc não aproveitou e mostrou também a casa de Jabes Ribeiro.? Ou será que invadir manguezal só é feio para pobres. Veja do outro lado do rio onde os ciganos e outros barões invadiram o manguezal.Veja no Savóia pelo lado do Rio Itacanoeiras, quantos riquinhos tem dentro do mangue?
João Torres