segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Fenômenos

Na opinião deste blog os fenômenos desta eleição foram:

Tarcísio;
Dero;
Gurita;
Bel do Vilela;
Dinho Gás;
Valmir;
Almério; e
Raimundo do Basílio.

Alcançaram uma votação expressiva com uma campanha de poucos recursos. Tiro o chapéu.

4 comentários:

Anônimo disse...

Faltou o Prof. Arléo. Mais de 800 votos não é fácil, especialmente para ele que não é do ramo.

Caio Taroba - Olivença disse...

Concordo com meu colega Nazal, realmente estes foram fenômenos. Agora dizer que Prof Arléo foi fenômeno com 800 votos !!!!!....pelo amor de Deus........Ele teve menos voto que um morador do Basílio com 1053 votos, menos que um carteiro 1101 votos, um pouco mais que um funcionário do Sesp e de uma enfermeira.
Ass: Caio Taroba - Olivença.

Mauro Alves disse...

Concordo com o Zé Nazal, ficou faltando incluir um Jovem promissor na política o Fábio Magal que teve 1.100 votos fez o trabalho respeitando e mostrando que política não se faz só com muito dinheiro, é preciso respeitar o povo...

Anônimo disse...

O mais interessante é que, salvo engano, não usaram carro de som. E os que mais usaram, chatearam, incomodoram e irritaram com carro de som não foram eleitos!